Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, MOOCA, Homem, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Sexo, Bebidas e vinhos


 01/09/2011 a 30/09/2011
 01/11/2009 a 30/11/2009
 01/05/2009 a 31/05/2009
 01/08/2008 a 31/08/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005


 Dê uma nota para meu blog


 O Clone
 Deus
 Flog Tosco
 Influência
 Tonga da Mironga
 Abra Sua Mente
 Cascata OnLine
 Blog do Juca





CANETADAS ENTRE CONHAQUES... Entre e beba A Vontade


Geraldim Azevedo e Capinan

(é Ela, se é...)

 

 

 

Moça bonita o seu corpo

Cheira a flor de laranjeira

Eu também não sei se é

Imagino o desatino

É um cheiro de café

É um cheiro feminino

É só cheiro de mulher

 
Moça bonita o seu olho brilha

Qual estrela matutina

Eu também não sei se é

Imagine a minha sina

É o brilho puro da fé

Ou é só brilho feminino

É só brilho de mulher

Moça bonita o seu beijo

Pode me matar sem compaixão

 

Eu também não sei se é
Ou pura imaginação

Pra saber você me dê

 

Esse beijo assassino

Nos seus braços de mulher



Escrito por Poeta às 21h40
[ ] [ envie esta mensagem ]



John, afterall

(God… True, yes it Is. Unbearable Deceitfulness of Being)

 

 

 

Nobody loves you when you're down and out
Nobody sees you when you're on cloud nine
Everybody's hustlin' for a buck and a dime
I'll scratch your back and you scratch mine

I've been across to the other side
I've shown you (all) everything, I got nothing to hide
And still you ask me do I love you (all), what it is, what it is
All I can tell you is it's (you’re) all show biz
All I can tell you is it's (you’re) all show biz

I'll scratch Your back and you (all) knife mine


I've been across the water now so many times
I've seen the one eyed witchdoctor leading the blind
And still you ask me do I love you (all), what you say, what you say
Everytime I put my finger on it, it slips away
Everytime I put my finger on it, it slips away

I'll scratch Your back and you (all) knife mine


Well I get up in the morning and I'm looking in the mirror to see, ooo wee!
Then I'm lying in the darkness and I (you all)  know I can't get to sleep, ooo wee!

Nobody loves you when you're old and grey
Nobody needs you when you're upside down
Everybody's hollerin' 'bout their (all) own birthday
Everybody loves you when you're six foot in the ground…



Escrito por Poeta às 22h17
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]